domingo, 19 de dezembro de 2010

REMOÇÕES DA PREFEITURA E REPERCUSSÕES NO PT

Cai liminar e prefeitura derruba casas no Recreio

Protestos atrasam agentes e 5 de 50 imóveis são demolidos para abrir terreno para a construção do BRT Transoeste

Ruben Berta

Após conseguir revogar uma liminar na Justiça, a prefeitura retomou ontem a derrubada de imóveis da comunidade da Restinga, no Recreio dos Bandeirantes. Os trabalhos fazem parte do processo de implementação do BRT Transoeste (corredor expresso de ônibus articulados que ligará a Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande), primeira grande obra viária a ser construída na cidade para os Jogos Olímpicos de 2016. A resistência de alguns moradores e a retirada dos objetos causaram lentidão: foram demolidas apenas cinco construções. A comunidade da Restinga fica na altura do Km 18.830 da Avenida das Américas, próximo ao Recreio Shopping. A remoção de ontem contou com o apoio de cerca de 50 homens de Guarda Municipal, Comlurb, Coordenadoria de Controle Urbano, secretarias municipais de Habitação e de Conservação, polícias Civil e Militar e Light. As equipes chegaram por volta das 11h, com caminhões para a retirada dos objetos. Na demolição, foi usada uma retroescavadeira.

Defensoria reclama de operação e recorre

A revogação da liminar que impedia a derrubada das casas ocorreu na noite de anteontem e libera a retirada de cerca de 50 imóveis. A defensora pública Marília Farias, uma das advogadas que representam os moradores, disse ontem que já recorreu da decisão. Ela reclamou do modo como foi feita a operação da prefeitura.
— Houve a revogação da liminar, mas os moradores sequer foram intimados oficialmente por um oficial de Justiça. A prefeitura já chegou com todo o maquinário para a derrubada — disse ela.

Durante a operação, houve momentos de tensão, mas sem confronto entre agentes e moradores. Uma senhora chegou a se acorrentar ao portão da casa durante boa parte do dia, mas acabou sendo convencida a se retirar no fim da tarde. Houve protestos com cartazes contra a prefeitura. Algumas pessoas que perderam as casas se queixaram da falta de indenizações adequadas.

A Secretaria municipal de Habitação informou que foram cadastradas na Restinga 94 famílias: 18 aceitaram ir para um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida, em Campo Grande; 38 concordaram com os valores de ressarcimento; e outras 38 não concordaram até agora com nenhuma das duas formas de restituição. Ao todo, 523 famílias de cinco comunidades (quatro no Recreio e uma em Guaratiba) terão de ser removidas para as obras do BRT.

O Transoeste custará R$ 800 milhões à prefeitura. A previsão é que 220 mil passageiros sejam transportados diariamente quando as obras terminarem, em junho de 2012.

Carlos Ivan

A DEMOLIÇÃO de imóveis na comunidade da Restinga, na Avenida das Américas, no caminho do BRT

Fonte: Jornal O Globo

Comentário do Blog

Eu soube que na reunião da direção do partido preocupou-se mais em desqualificar o mensageiro, do que decodificar a mensagem. Uma velha e surrada estratégia. Um absurdo!


Comentário de Eugenia Loureiro
, arquiteta

Triste figura a do PT RJ


Para efeito de registro. Não basta cair uma liminar. Também mostra o total envolvimento de secretaria municipal ocupada pelo PT nos acontecimentos. Nem interessa muito quem é o titular e sua equipe. Interessa é a triste figura que o partido no Rio está fazendo.
Não combatemos atitudes e políticas que consideramos equivocadas. A tropa da prefeitura não quer saber o que é negociação. mas penso que nós deveríamos querer saber.

E pelo visto a coisa só está começando. São 520 famílias e a liminar foi para 50 casas. Pelo que se lê na matéria.
Para não dizer o que ainda virá por aí.


Comentário de Paulo Saad, arquiteto

O PT não é a política dos seus profissionais

Amigos da 1a zonal
Os acordos que levaram alguns grupos de parlamentares
e seus profissionais a receber o cargo de "secretarios" da Prefeitura
são desconhecidos pela grande maioria dos petistas.
Por exemplo é completamente desconhecida,
digamos (para tentar valorizar) uma possivel
"política habitacional", ou algo que o valha, que possa servir
de referencia para os petistas e para o povo.
Sabemos as grandes distorções que se originam
quando interesses de grupos de profissionais se sobrepoe
ao programa do partido.
Cabe dizer bem alto:
ISSO É UMA VERGONHA,
NÃO EM NOSSO NOME.
ISSO É UMA VERGONHA,
NÃO EM NOSSO NOME.
No caso em tela, é apenas mais uma vergonha.
do Paulo Saad



Monstruosidade sem limites da Prefeitura do Rio: atacam à noite e passam a máquina com mobília e gente dentro. Começam as ameaças de morte.


A Vila Recreio II, na Avenida das Américas, foi atacada mais uma vez na noite desta quarta-feira, 15/12/2010. Às 19h20, o casebre do Sr. Luiz foi completamente destruído por uma retroescavadeira com grande parte de sua mobília ainda lá dentro. Capitaneados pelos elementos conhecidos como Alex, Balzani e Alvir, assessores do Sub-Prefeito Tiago Mohamed, cerca de quarenta homens da Guarda Municipal escoltaram um grupo de peões para fazer a derrubada da casa às margens da Avenida das Américas.

Chegaram sorrateiramente e derrubaram uma parede lateral. Começaram a retirar os móveis. Como a comunidade já foi quase toda destruída, apenas alguns poucos companheiros puderam acudir o vizinho nesse momento de insanidade e barbárie dos asseclas da Prefeitura do Rio. Ao alegarem a existência de uma decisão judicial suspendendo qualquer demolição na comunidade até que esclarecimentos sejam prestados pela Prefeitura, Alex alegou tratar-se, a decisão liminar, de um “papelzinho”. Na sequência, um dos moradores foi ameaçado pelo elemento conhecido como Alvir.

Temerosos de que o alerta dos vizinhos pudesse mobilizar outras comunidades próximas, os monstros deram ordens para a retroescavadeira derrubar tudo. Fogão, geladeira, alimentos, documentos, roupas e pertences pessoais do Sr Luiz viraram entulho.

Na mesma operação, o meliante Alex foi à comunidade Vila Harmonia, a poucos metros dali, distribuir uma “notificação” para retirada imediata de todos os moradores remanescentes até a meia-noite de hoje. A perspectiva é que toda a caterva da subprefeitura da Barra se desloque nesta quinta, para a Vila Harmonia e para a Vila Recreio II, para um ataque que pode ser definitivo. O clima é de tensão absoluta e já há moradores afirmando-se dispostos a morrer por causa de tanta injustiça e tão hedionda postura de agentes supostamente públicos.

Ao se encaminharem para a 42ª DP, os moradores tiveram negado seu pedido de registro de ocorrência por parte dos inspetores de plantão. Alegaram eles que a Prefeitura “deveria ter lá suas razões e seus direitos” para proceder desta forma. Ainda nessa semana, um outro pedido de registro de ocorrência contra uma agressão direta do meliante Alex contra um morador da Vila Harmonia também foi negada pela equipe da 42ª DP.

Todas essas demolições ocorrem por conta do projeto de corredor viário Transoeste, uma rodovia de 52Km, com duas pontes, um viaduto, um túnel passando dentro de um Parque Estadual (Unidade de Conservação e Proteção Integral) e que não possui sequer um EIA/RIMA registrado no órgão ambiental do Estado do Rio de Janeiro.

O obscurantismo chegou ao seu limite máximo. É a falência definitiva do Estado. É o fim de qualque expectativa de Cidadania. Se não respeitam mais nem o Judiciário e se até a Polícia se recusa a registrar as ocorrências, a quem mais recorrer? Se até o Presidente da República diz que o problema não é com ele, a quem recorrer?

TODO APOIO ÀS COMUNIDADES VILA RECREIO II E VILA HARMONIA!

NESTA QUINTA, 16/12/2010, MOBILIZAÇÃO GERAL EM APOIO ÀS COMUNIDADES VILA HARMONIA E VILA RECREIO II. AMBAS FICAM ÀS MARGENS DA AVENIDA DAS AMÉRICAS, NA ALTURA DO RECREIO. A VILA HARMONIA FICA PRÓXIMA AO RECREIO SHOPPING.


3 comentários:

  1. O mais impressionante é que a Secretaria de Urbanismo é do PT. O PT carioca nem parece PT. Porrada Total. E no tuíter está rolando a hashtag #bittapa. Escrevi um texto em:

    http://quadradodosloucos.blogspot.com/2010/12/quem-paga-o-pato-pelas-olimpiadas-do.html

    ResponderExcluir
  2. Just want to say what a great blog you got here!

    clomid

    ResponderExcluir